Diálogos Socioemocionais

O Diálogos Socioemocionais é uma proposta educacional que promove o desenvolvimento de competências socioemocionais dos estudantes, contribuindo para políticas de educação integral.

O Diálogos Socioemocionais visa a promoção do desenvolvimento de competências socioemocionais dos estudantes, contribuindo com os objetivos das políticas de educação integral.

Estrutura-se a partir do monitoramento periódico de competências socioemocionais, por meio de um instrumento de avaliação formativa, que oferece insumos para a realização de conversas e de atividades de reflexão a favor da formação plena dos estudantes.

Entendendo a proposta

“O Diálogos Socioemocionais utiliza a proposta metodológica da avaliação formativa, que se fundamenta no acompanhamento do estudante ao longo de todo o seu percurso de aprendizagem e não somente ao final de um determinado ciclo.

Esse processo é fomentado por um instrumento de rubricas baseadas na matriz de competências socioemocionais utilizadas pelo Instituto, e trabalha com níveis de desenvolvimento em dimensões específicas, trazendo descrições detalhadas e claras.

As evidências obtidas com a aplicação do instrumento orientam o estabelecimento de objetivos e a condução de atividades sequenciais, permitindo entender o progresso do estudante ao explicitar onde ele quer chegar e como ele pode fazer isso – ou seja, promove a aprendizagem autorregulada e a adaptação de estratégias para alcançar um objetivo.

A partir disso, são realizadas conversas e atividades focadas no desenvolvimento intencional das competências socioemocionais priorizadas em cada contexto. “

Entenda como funciona o diálogos socioemocionais

Thumbnail youtube
Sequencial

Determinar, desde o planejamento das atividades, um conjunto de vivências e uma jornada que tenha ao menos uma competência como objeto de trabalho em mais de uma intervenção, ou seja, em uma sequência com diversos momentos que reforcem a relevância desse desenvolvimento, de modo que não pareça um investimento pontual no tempo e espaço escolar.

Ativo

Adotar metodologias ativas de ensino e de aprendizagem que coloquem o estudante em situações ativas na construção do conhecimento, evitando ou ressignificando iniciativas que tradicionalmente eram mais associadas à recepção de conhecimento, passando pela vivência que conecta um determinado conteúdo a uma situação real.

Focado

Garantir intencionalidade e tempo suficiente para que o estudante possa exercitar a competência e observar a si mesmo em ação.

Ainda que diversas competências sejam mobilizadas nas situações que vivemos, o Instituto recomenda que cada projeto ou sequência formativa jogue luz e foco em até duas competências socioemocionais, para garantir maior clareza e percepção por parte de estudantes e educadores.

Explícito

Explicitar o que é a competência em foco, qual sua relevância e conexão com outras habilidades ou com conquistas na vida.

Propor o estabelecimento individual de metas de desenvolvimento que também sejam nítidas e bem definidas pelo próprio estudante.

Como funciona

A implementação do Diálogos Socioemocionais envolve uma visão sistêmica da rede de ensino e a participação de vários profissionais. As características podem variar de acordo com cada implementação, mas alguns processos são comuns a todas as redes. Em primeiro lugar, a secretaria de educação deve definir como será esse trabalho a partir de diagnósticos, tais como: quais competências socioemocionais serão objeto de desenvolvimento em cada ano/série (priorização), como a proposta acontecerá nas escolas (componente projeto de vida ou como duplo foco), ações de formação e acompanhamento etc.

Em seguida, iniciam-se o planejamento e a mobilização dos profissionais da rede para que a proposta aconteça na escola. Para tanto, é essencial que todos conheçam seus princípios e objetivos.

Ao valorizar a conversa entre docente e aluno, o Diálogos Socioemocionais estimula práticas de ensino que se adequam à forma como cada pessoa aprende e se desenvolve, e, assim, valoriza a diversidade.

Em todas as formas de implementação do Diálogos, há estímulo para que os professores possam adaptar às suas realidades sugestões de atividades de aula e para utilizar os instrumentos de acompanhamento desse desenvolvimento.

O Diálogos Socioemocionais pode ser usado de maneira combinada ao Instrumento Senna, questionário sobre as competências socioemocionais dos estudantes.

A junção pode gerar dados complementares que favorecem a gestão de informações relevantes para o conhecimento, o acompanhamento e a tomada de decisões sobre a política de desenvolvimento de competências socioemocionais dos estudantes nas redes públicas de ensino.