publicado em 8 de setembro de 2020

Rede CPE e Instituto lançam edital para pesquisa sobre motivação na escola

Será oferecido apoio financeiro a dois projetos relacionados ao tema

Com o objetivo de fomentar a pesquisa em educação no país, a Rede Nacional de Ciência para Educação (Rede CPE) e o Instituto Ayrton Senna lançam edital de apoio à pesquisa sobre motivação na escola. Os interessados, que devem dispor de experiência em produção científica e podem ser de qualquer área do conhecimento, podem se inscrever de 5 a 20 de maio.

A pesquisa deve integrar a temática a variadas dimensões do contexto escolar, como formação de professores, desempenho acadêmico, evasão, clima escolar, engajamento com os estudos, competências socioemocionais, entre outras, e deve fazer uma análise aprofundada sobre a importância da motivação na aprendizagem e na continuação dos estudos, por exemplo. “Esse edital visa aprofundar os conhecimentos acerca da motivação no contexto escolar, dada sua relevância nesse âmbito uma vez que ela é um aspecto capaz de influenciar como a pessoa se comporta para atingir determinados objetivos de vida”, afirma Gisele Alves, líder da especialidade de Evidências do Instituto Ayrton Senna. A iniciativa também tem como objetivo divulgar a produção realizada, os trabalhos e resultados alcançados, compartilhando conhecimento e boas práticas com redes de ensino públicas de todo o Brasil.

O edital é destinado a projetos de pesquisadores em qualquer área do conhecimento que contemple pesquisas relevantes sobre educação e que deseje estudar o tema de motivação na escola, sendo selecionados dois projetos de pesquisa, que receberão apoio financeiro de 60 mil reais cada. Os valores serão repassados pela Rede CPE aos pesquisadores, parceladamente, de acordo com as necessidades dos projetos aprovados. Para participar, o pesquisador deve ser associado à Rede CPE, estar em exercício de atividades de pesquisa relacionadas à educação e apresentar experiência e produtividade científica compatíveis com a liderança de um projeto de pesquisa.

O projeto pode ser liderado por um pesquisar responsável, cabendo a ele organizar o trabalho e processos dos demais pesquisadores, ou organizado em rede, sendo composto por duas instituições distintas, por exemplo. Os projetos devem fazer uma revisão sistemática da literatura disponível ou fazer um estudo exploratório entre motivação e engajamento escolar para os Anos Finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio. “A partir de pesquisas realizadas em conjunto com pesquisadores parceiros esperamos contribuir com educadores para uma atuação de modo mais preciso e efetivo no aprimoramento de práticas de ensino-aprendizagem, promoção de relacionamentos interpessoais de qualidade no convívio escolar e na elaboração de políticas públicas educacionais”, afirma Catarina Setti, do time de Evidências do Instituto Ayrton Senna.

As propostas deverão ter introdução, perguntas norteadoras, justificativas da pesquisa, método e bibliografia utilizada. Os participantes terão de 8 a 10 meses para o desenvolvimento da pesquisa.

Para saber mais sobre o edital e se inscrever, clique aqui