publicado em 25 de outubro de 2021

Conheça os selecionados de edital do Instituto Ayrton Senna e a Rede CpE sobre recuperação da aprendizagem

O Instituto Ayrton Senna e a Rede Nacional de Ciência para Educação (Rede CpE) divulgaram os projetos selecionados pelo edital de pesquisas sobre impactos da pandemia na aprendizagem e mitigação de perdas.

O Instituto Ayrton Senna e a Rede Nacional de Ciência para Educação (Rede CpE) finalizaram o processo de seleção para o edital de apoio a pesquisas sobre avaliação e mitigação de perdas na educação durante a pandemia de Covid-19. Dois projetos de pesquisa foram aprovados para receber financiamento das organizações, que apoiam a produção de conhecimento nacional voltado para a educação.

As propostas aprovadas foram das pesquisadoras:

Jerusa Salles, com o projeto: Impacto diferencial da pandemia de COVID-19 no desempenho acadêmico de crianças brasileiras e alemãs do ensino fundamental e sua associação com aspectos psicológicos

Rachel Riera, com o projeto: Estratégias para mitigar o impacto da pandemia de Covid-19 no processo de ensino-aprendizagem na educação infantil e fundamental

O edital foi divulgado em agosto e buscou projetos de pesquisa com capacidade de avaliar as perdas na educação durante pandemia e levantar possíveis soluções para mitigá-las, em âmbito nacional e internacional. “Para o Instituto e a Rede CpE, o aprofundamento nesse tema permitirá compreender o cenário mundial no contexto escolar durante a pandemia de Covid-19, e apoiar a proposição de alternativas mais eficazes no retorno às aulas e na aprendizagem dos estudantes, levando a uma melhoria das práticas de ensino-aprendizagem e das políticas educacionais”, afirmou Catarina Sette, gerente de projetos do Instituto Ayrton Senna.

A fase de seleção contou com a participação de uma comissão ad-hoc convidada pela Rede CpE e pelo Instituto Ayrton Senna para avaliar as propostas submetidas. Esta comissão foi composta pelas pesquisadoras Ana Carla Crispim (Instituto Ayrton Senna), Enicéia Mendes (Universidade de São Paulo) e pelo pesquisador Naercio Menezes (INSPER Instituto de Ensino e Pesquisa). Entre os critérios de avaliação, os projetos deveriam se enquadrar em uma das seguintes linhas de trabalho: (i) um estudo sobre a avaliação internacional (quali e quantitativa) de perdas na educação durante a pandemia de Covid-19, especialmente relacionadas a fatores socioeconômicos e de desigualdade racial, psicológicos, pedagógicos e socioemocionais e, (ii) um levantamento internacional de propostas de superação das perdas na educação, desde políticas públicas até estratégias de sala de aula.

Para participar, o pesquisador deveria ser associado à Rede CpE, estar em exercício de atividades de pesquisa relacionadas à educação e/ou apresentar experiência e produtividade científica compatíveis com a liderança de um projeto de pesquisa.

A Rede CPE e o Instituto Ayrton Senna agradecem aos demais proponentes que submeteram seus projetos.