publicado em 13.09.2019 ÀS 15:40

5 razões para você adotar a Educação Integral nos processos de aprendizagem em sala de aula

Um modelo de processo de aprendizagem que ajuda os estudantes a terem mais autonomia e uma melhor vivência na sociedade contemporânea

Já falamos aqui no blog sobre a concepção de Educação Integral, cujo objetivo é oferecer aos educandos o direito de desenvolverem ao máximo seus potenciais para ser, conhecer, conviver e produzir no mundo. Cabe às escolas promover o desenvolvimento de crianças, adolescentes e jovens nos aspectos intelectual, social, emocional e físico, igualmente importantes.

Hoje, sabemos por meio de estudos diversos no Brasil e no mundo que os aspectos socioemocionais, quando intencionalmente desenvolvidos nas escolas, contribuem – e muito! – para o processo de aprendizagem e realizações futuras dos estudantes.

No entanto, para que isso se concretize no dia a dia escolar, é fundamental que as metodologias de ensino utilizadas pelos professores considerem o protagonismo dos estudantes como processo ativo de aprendizagem em aulas e projetos.

A concepção de aprendizagem ativa coloca os alunos em situações de aprendizagem que envolvem questionar, investigar, resolver problemas, elaborar soluções criativas para problemas complexos, de modo colaborativo. E isso envolve saber reconhecer, valorizar e articular os saberes pessoais e da comunidade aos saberes escolares.

E como os professores podem revisitar suas práticas nos processos de aprendizagem à luz dos princípios e metodologias da Educação Integral?

Confira abaixo 5 pontos que levantamos para apoiar a sua reflexão!

  1. A escola é um poderoso ambiente integrador que possibilita aos estudantes oportunidades intencionais e estruturadas para seu desenvolvimento pleno, considerando todas as dimensões da formação. Quando esse entendimento é compartilhado entre toda a equipe escolar, o trabalho colaborativo pode ganhar força e se torna um caminho importante para que o grupo possa colocar em prática essa perspectiva de ensino.

  2. Considerar a escola como um espaço que também apoia a formação de professores é valorizar sua capacidade de refletir sobre o trabalho e a prática. A Educação Integral favorece o estabelecimento de tempos e espaços para que a equipe possa, a partir da experiência concreta, reformular seus conhecimentos e saberes.

  3. A abertura para o novo pode ser utilizada pelos próprios professores para diversificar as modalidades didáticas que utilizam no dia a dia. Isso não significa abandonar a aula da maneira como sabem fazer, mas incorporar metodologias como educação por projetos, trabalhos em times, sala de aula invertida, entre outras.

  4. Quando o papel do professor ganha uma dimensão ímpar como mediador do conhecimento, muito mais do que mero transmissor de informações, ele é estimulado a trabalhar o conteúdo de forma conectada com o desenvolvimento de competências dos estudantes. Também ganha espaço a busca por alternativas para personalizar as experiências de aprendizagem, respeitando a diversidade entre os estudantes para que todos tenham as mesmas chances de desenvolvimento.

  5. Professores podem se beneficiar da integração curricular que é estimulada na Educação Integral. Com ela, o currículo pode ser trabalhado em abordagens comuns entre cada área de conhecimento e, em todas, a aprendizagem é baseada em vivências e experiências viabilizadas por propostas educativas desafiadoras e conectadas com a vida do estudante.

Ao nortearmos esse processo de aprendizagem tendo como objetivo maior a formação para autonomia dos estudantes, aumentamos a capacidade de cada um fazer escolhas bem fundamentadas para que realizem seus projetos de vida.

Porém, antes de começar a atuar, lembre-se: é importante que haja um entendimento pleno de onde se quer chegar para que o propósito pedagógico não seja perdido. Sem isso, pode ser mais difícil avaliar resultados e valorizar ações já desenvolvidas.

Mas e aí, qual das razões apontadas aqui mais te chamou a atenção para realizar mudanças que possam apoiar o processo de aprendizagem na sua escola?

 

 

Digite o assunto que deseja pesquisar

Comentar
Mensagem
Comentários