publicado em 31.03.2020 ÀS 14:59

FAQ: perguntas e respostas sobre criatividade e pensamento crítico

Para garantir uma educação integral comprometida com a formação plena dos estudantes, é fundamental entender a importância que competências como  pensamento crítico e criatividade têm para o desenvolvimento de crianças e jovens do século 21 . 

Confira a seguir algumas perguntas frequentes sobre criatividade e pensamento crítico e as suas respostas:

 

O que é pensamento crítico e criatividade?

Tanto pensamento crítico e criatividade são competências híbridas, que envolvem componentes cognitivos e socioemocionais. Elas são, portanto, fruto de um processo complexo de aprendizagem.

Pensamento crítico se refere à habilidade de considerar uma situação de maneira analítica. Isso envolve entender as suas origens, motivações, coerência, objetivos e validade de argumentos.

Criatividade é a capacidade de imaginar e criar coisas novas, dar uma utilidade inédita a algo que já existe ou imaginar nuances diferentes para determinadas situações e informações.

 

Pensamento crítico e criatividade são inatos?

Existem mitos que relacionam a criatividade ou o pensamento crítico como competências “natas”, ou seja, as pessoas já nascem gênios criativos ou pensadores críticos. 

Há realmente diferentes maneiras e graus de sofisticação e complexidade com que as pessoas expressam sua criatividade e pensamento crítico, mas elas podem ser desenvolvidas por qualquer pessoa, em qualquer época da vida. As diferenças individuais estão relacionadas a condições biológicas, biográficas, contextuais e culturais que podem determinar o desenvolvimento da pessoa ou de grupos. 

Portanto, desenvolver intencionalmente essas competências contribuirá para diminuir as desigualdades, garantindo melhores oportunidades para todos.

O ideal é estimulá-las desde a mais tenra idade, em todos os níveis educacionais e por atividades que envolvam todas as áreas do conhecimento, pois será mais fácil para o indivíduo aprendê-las e elaborá-las. 

 

Como ser mais criativo e crítico?

Em frente a um problema ou situação que necessite de solução, pode ser adotada uma postura analítica com base em criatividade e pensamento crítico. Isso pode ser feito a partir de quatro passos.

O primeiro é a curiosidade. Envolve adotar uma atitude investigativa em relação a um fenômeno ou problema.

Depois, chega o estágio da imaginação. Isso significa fazer o ponto inicial se conectar com outros e construir novas possibilidades a partir dele. É o equivalente a entendê-lo sob novos contextos e inverter sua premissa.

Em seguida, é preciso testá-lo na prática. Uma ideia precisa ser apresentada de forma clara e objetiva para que seja possível verificar sua efetividade. 

O estágio final envolve refletir sobre o resultado obtido com esse processo e o aprendizado conquistado. Esse momento é quando o pensamento crítico avaliará as consequências da ideia, tendo como parâmetros a ética e a sustentabilidade.

 

É possível ensinar pensamento crítico e criatividade?

Existem várias abordagens pedagógicas para o desenvolvimento de competências, incluindo pensamento crítico e criatividade, na escola. Para planejar as práticas educativas, o professor pode desenhar com autonomia suas propostas, dado que é ele quem melhor conhece as características específicas de sua turma e do contexto escolar  em que atua.

Estudos apontam que as práticas pedagógicas mais efetivas apresentam algumas características em comuns. É um desenho sintetizado como FASE, ou seja, todo o planejamento de atividades preciso ser: Focado, Ativo, Sequencial e Explícito. 

Algumas metodologias de ensino oferecem possibilidades para esse desenho: problematização, a educação por projetos, a aprendizagem colaborativa e a presença pedagógica são caminhos potentes para promover as competências aliadas à aprendizagem em qualquer componente curricular.

Digite o assunto que deseja pesquisar

Comentar
Mensagem
Comentários