publicado em 26.02.2018 ÀS 10:05

Santa Catarina amplia oferta de educação integral no Ensino Médio

Jovens que vão iniciar o Ensino Médio em 2018 em Santa Catarina possuem novas oportunidades para ter uma formação que vá além do tradicional e estudar em uma escola inovadora que oferece espaço para seu protagonismo. Isso porque, a partir deste ano, o Ensino Médio Integral em Tempo Integral (EMITI) será ampliado e novos municípios passarão a oferecer a proposta que já traz bons resultados na rede estadual.

Com as mesmas características que foram implementadas em 15 escolas durante o ano de 2017, neste ano o modelo chega a 30 unidades, ou seja, pode atingir cerca de 4 mil estudantes. Para informações sobre matrículas nessas escolas, é possível consultar o site da Secretaria Estadual de Educação: http://www.sed.sc.gov.br/servicos/pais-alunos-e-comunidade/28603-matriculas-2018.

A iniciativa é fruto da parceria entre a Secretaria de Educação de Santa Catarina e o Instituto Ayrton Senna, com apoio do Instituto Natura, da Capes, do Movimento Santa Catarina pela Educação, do BID e da FIESC (Federação das Indústrias de Santa Catarina). Nas escolas com essa proposta (saiba mais abaixo), os professores utilizam metodologias de ensino diferenciadas, construídas com foco no estudante e que incluem outras maneiras de problematizar o conteúdo, relacionando com a vida do jovem, as aulas são integradas por áreas de conhecimento e também passam a contar com momentos para elaboração de projetos, entre outros componentes inovadores.

Nesse formato, em todos os momentos em que está na escola, o estudante recebe oportunidades de compreender os conteúdos que a escola deve ensinar e também desenvolver suas competências em diversas dimensões, como o pensamento crítico, a criatividade, a colaboração e também o autoconhecimento. Altamente valorizadas no mundo atual, essas competências contribuem para a conquista de inúmeras realizações na vida, no âmbito pessoal, de trabalho, social e na aprendizagem na escola. O objetivo é apoiar os jovens para desenvolverem com autonomia seu potencial como estudantes, futuros profissionais e cidadãos.

Essa construção também traz resultados na aprendizagem: os estudantes que estiveram em escolas com a proposta em 2017 apresentaram, em média, um desempenho 12,3% superior ao da média da rede estadual em Língua Portuguesa e 9,4% em Matemática, além de terem uma taxa de aprovação 18% superior nas duas disciplinas, em comparação com escolas que não tiveram a proposta, de acordo com o monitoramento de dados realizado pelas equipes.

Para efetivar essa ampliação na escala da proposta, cerca de 650 profissionais estiveram reunidos em Lages (SC) no início de fevereiro para uma semana de intensa formação sobre a proposta, entre professores, gestores, coordenadores da secretaria de Educação e especialistas do Instituto Ayrton Senna, incluindo profissionais das 17 escolas que iniciarão o Programa em 2018 e das 13 que ofertaram o EMITI ao longo de 2017 e seguirão neste ano.

O objetivo da formação é que os professores entendam o referencial teórico e metodológico do Programa e experimentem novas práticas pedagógicas. Além disso, também oferece aos professores formas diversificadas de acompanhar e avaliar a aprendizagem dos alunos, bem como estimular sua participação como protagonistas dos momentos de planejamento e avaliação, individuais e coletivos, previstos na escola.

Ao longo do ano, esses profissionais participarão de outros encontros de formação – presenciais, à distância e em serviço nas próprias escolas – e os gestores escolares e regionais são formados para realizar um acompanhamento sistemático às escolas e salas de aula de modo a apoiar o trabalho ali desenvolvido com os estudantes. Portanto, há toda uma organização e estruturação para que o programa tenha a sustentação necessária.

 

Sobre a proposta de educação integral

 

Em Santa Catarina, a Proposta de Educação Integral para o Ensino Médio teve início em 2017. O objetivo é oferecer oportunidades para os educadores e jovens para a construção conjunta de uma educação que valoriza o aprendizado de conteúdos tradicionais, mas também desenvolve competências essenciais para a vida profissional e pessoal de professores e estudantes.

Mais do que ampliar o tempo de aula, essa proposta amplia também as conquistas da educação. De forma integrada à aprendizagem dos conteúdos de português, matemática, história, entre outros, também consegue incentivar os jovens a desenvolverem competências para a vida.

O gerente de projetos do Instituto Ayrton Senna Helton Lima destaca que a iniciativa consegue desenvolver nos jovens maior capacidade de enfrentar os desafios e de aprender mais e melhor na escola, tanto para atuar na sociedade, quanto para entrar, permanecer e se desenvolver no mercado de trabalho.

Para isso, as aulas e projetos partem de questões e desafios do mundo real, estimulam a criação, a participação ativa e a colaboração, e levam o estudante a vivenciar e colocar em prática as habilidades. No Projeto de Vida, um dos componentes da proposta, os jovens têm a oportunidade de pensar, planejar e começar a construir sua trajetória pessoal, com o apoio dos professores e da família.

Por meio de formações realizadas ao longo do ano com as equipes e especialistas do Instituto Ayrton Senna, os profissionais das escolas e das regionais envolvidas contribuem com a construção e aprimoramento da proposta. Assim, tanto estudantes quanto educadores ganham oportunidades de serem protagonistas dessa ação.

 

Escolas com EMITI em 2018

 

Nº   GERED  ESCOLA  MUNICÍPIO
 1  Caçador  EEB Machado de Assis  Timbó Grande
 2  Ibirama  EEB Orlando Bertoli  Presidente Getúlio 
 3  Canoinhas  EEB Júlia Baleoli Zaniolo  Canoinhas
 4  Seara  EEB Benjamim Carvalho de Oliveira   Ipumirim
 5  Itajai  EEB Nereu Ramos  Itajaí
 6  Itajai  EEB Maria Rita Flor  Bombinhas
 7  Curitibanos  EEB Casimiro de Abreu  Curitibanos
 8  Timbó  EEB Osvaldo Cruz  Rodeio
 9  Timbó  EEB Attela Jenichem  Indaial
 10  Criciúma  EEB Toneza Cascaes  Orleans
 11  Blumenau  EEB Dr. Max Tavares D' Amaral  Blumenau
 12  São Joaquim  EEM Valmir Omarques Nunes  Bom Retiro
 13  Joaçaba  EEB Ruth Labarbechon  Agua Doce
 14  Jaraguá do Sul  EEB Holando Marcelino Gonçalves  Jaraguá do Sul
 15  Lages  EEB Flordoardo Cabral  Lages
 16  Lages  EEB Visconde de Cairu  Lages
 17  Xanxerê  EEB Gomes Carneiro  Xaxim

 

Escolas com EMITI em 2017 e 2018  

 

 Nº    GERED  ESCOLA  MUNICÍPIO
 1  Canoinhas  EEB Almirante Barroso  Canoinhas
 2  Itajai  EEB Elfrida Cristino da Silva  Itajai
 3   Criciúma  EEB Caetano Bez Batti  Urussanga
 4  Chapecó  EEB Coronel Ernesto Bertaso  Chapecó
 5  Chapecó  EEB Cordilheira Alta  Cordilheira Alta
 6  Joaçaba  EEB Mater Dolorum  Capinzal
 7  Jaraguá do Sul  EEB Prof Heleodoro Borges  Jaraguá do Sul
 8  Grande Fpolis  EEB Dom Jaime de Barros Camara   Florianópolis
 9  Grande Fpolis  EEB Gov Ivo Silveira  Palhoça
 10  Grande Fpolis  EEB Nereu Ramos  Santo Amaro da Imperatriz 
 11  Itapiranga  EEB São Vicente  Itapiranga
 12  Joinville  EEB Eng Annes Gualberto  Joinville
 13  Joinville  EEB Pres Medici  Joinville

Digite o assunto que deseja pesquisar

Comentar
Mensagem
Comentários