Como definir as competências socioemocionais para apoiar o trabalho em sala de aula

Pesquisas revelam que o desenvolvimento de competências socioemocionais contribui para o aprendizado, além de promover maior engajamento dos estudantes com os professores e a própria escola

.

Atualmente, as escolas e redes de ensino têm procurado maneiras de implementar a chamada educação integral, que pode ser definida de diferentes formas e envolver caminhos variados para acontecer, mas sempre representa a ampliação do propósito da escola: além de formar os estudantes para os conteúdos das áreas do conhecimento, apoia também o desenvolvimento pleno de cada um, em todas as dimensões. Um dos principais pilares para fazer essa educação acontecer é gerar também oportunidades para o desenvolvimento das competências socioemocionais dos estudantes.

Para auxiliar as redes a melhor organizar e aplicar as competências socioemocionais em sala de aula, o Instituto Ayrton Senna adotou um modelo que as agrupa em cinco grandes domínios. São eles: autogestão, engajamento com os outros, amabilidade, resiliência emocional e abertura ao novo. E cada um deles é essencial na formação de nossos estudantes!

Que tal entender mais sobre cada um destes cinco domínios e as as 17 competências derivadas deles? Confira:

 

1. Autogestão 

 

Diz respeito à capacidade de ser organizado, esforçado, ter objetivos claros e saber como alcançá-los de maneira ética. A autogestão se relaciona com a habilidade de fazer escolhas em relação à vida profissional, pessoal ou social, estimulando a liberdade e a autonomia.

 

ilustração-autogestão

 

2. Engajamento com os outros


Diz respeito à motivação e à abertura  para o mundo externo, sendo sociável, enérgico, otimista, animado e assertivo. Este pilar é o estímulo à interação com o próximo de forma positiva, uma habilidade imprescindível para a convivência em sociedade e engajamento em atividades sociais e profissionais no futuro.

ilustração-engajamento-com-outros

3. Amabilidade

 

Refere-se à capacidade de agir de modo cooperativo e não egoísta. Significa ter  compaixão e respeito pelos outros, ser cooperativo, ser tolerante e também inspirar confiança. É sobre exercitar o diálogo, a resolução de conflitos e a cooperação, sempre levando o próximo em conta. 

 

ilustração-amabilidade

 

4. Resiliência emocional


Diz respeito à capacidade de aprender com situações adversas e lidar com sentimentos como raiva, ansiedade e medo de uma forma saudável, sem que isso abale a confiança do indivíduo.

ilustração-resiliência-emocional

 

5. Abertura ao novo

 

É estar aberto a novas tendências estéticas, culturais e intelectuais, além de ser curioso, ter imaginação e amplos interesses. Se relaciona com a valorização da diversidade de saberes e vivências, mostrando alegria ao adquirir novos conhecimentos e experiências.

 

ilustração-abertura-ao-novo

 

As competências socioemocionais  podem ser trabalhadas em sala de aula paralelamente às disciplinas. Ou seja, é possível aprender Matemática ao mesmo tempo em que se desenvolve habilidades como colaboração, resolução de problemas, persistência, autoconfiança e curiosidade, por exemplo.

 

Ao trabalhar com o desenvolvimento destas competências, o objetivo não é definir de forma arbitrária quais comportamentos o aluno deve assumir, nem ditar a maneira como ele precisa agir. Ao contrário, é auxiliá-lo a conhecer seus próprios potenciais, construindo um repertório sobre essas competências.

O desenvolvimento das competências socioemocionais ocorre ao longo de toda a vida de cada pessoa. Ou seja, elas não são algo fixo que nós não conseguimos mudar. Em cada etapa da vida, é preciso considerar as diversas formas de apoiar as pessoas a se conhecerem cada vez mais e serem o melhor que puderem naquilo que elas escolherem!

Isso não acontece apenas na escola, já que todas as interações e as características de contexto social também interferem nessa formação, mas o espaço escolar é particularmente oportuno para esse apoio. Quando a escola cria condições positivas para isso, o trabalho com competências socioemocionais é parte do que chamamos hoje de educação integral. 

 

Digite o assunto que deseja pesquisar

Comentar
Mensagem
Comentários