publicado em 21.05.2018 ÀS 14:35

Instituto Ayrton Senna assina parcerias com Singapura e Finlândia

O Instituto Ayrton Senna assinou nesta semana em São Paulo duas parcerias internacionais inéditas na América Latina, com países que são considerados referência em educação: Singapura e Finlândia. Por meio desses entendimentos, a organização vai aproveitar o conhecimento dessas duas nações no tema para aprofundar o desenvolvimento da educação integral no Brasil. De acordo com o último PISA (Programa Internacional de Avaliação de Estudantes, na sigla em inglês), principal ranking mundial de educação, coordenado pela OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), os singapurianos lideram em todas as áreas avaliadas (Ciência, Leitura e Matemática), enquanto os finlandeses estão entre os cinco primeiros em Ciência e Leitura.

Com Singapura, foi assinado um memorando de entendimento com o NIE International, braço de consultoria do Instituto Nacional de Educação (NIE, na sigla em inglês). Para assinatura do acordo, esteve presente na capital paulista o gerente-geral do NIE International, Chor Boon Goh. Também faz parte do acordo o projeto focado na formação de professores para a área de STEM (termo em inglês designado para o campo do conhecimento composto por Ciências, Matemática, Tecnologia e Engenharia), que deverá beneficiar mais de 50 mil estudantes da rede pública de Joinville (SC). No início de março, professores especialistas do NIE International estiveram na cidade, já como parte dessa parceria inédita, para compartilhar boas práticas no ensino de Matemática e Ciências com professores e gestores. A formação "O segredo de Singapura para o sucesso em Ciências e Matemática" foi direcionada aos professores do Ensino Fundamental II (6.º ao 9º ano) e também contou com a parceria da Secretaria Estadual de Educação de Santa Catarina, da Prefeitura de Joinville e da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC).

“Temos a certeza de que, com a nossa experiência, podemos contribuir com a formação de professores no Brasil. Tivemos uma semana de formação intensa em Joinville, mas foi apenas um começo de algo que precisa ser ainda mais substancial. Esse acordo só terá efetividade se nós realmente colocarmos em prática as ações previstas”, disse Chor Boon Goh.

Toda a articulação entre as instituições envolvidas foi facilitada pela International Enterprise (IE) Singapore, agência comercial do Governo de Singapura no Brasil. “Considerando o modelo educacional bem-sucedido de Singapura, vemos muitas oportunidades de colaboração envolvendo parceiros dos dois países para introduzir práticas inovadoras no ensino brasileiro”, afirmou o diretor regional para América Latina e Caribe do IE Singapore, Aik-Lam Khor.

Já com a Finlândia, o Instituto Ayrton Senna firmou uma parceria que visa à adoção de práticas inovadoras na educação, especialmente relacionadas ao treinamento de educadores (como residência pedagógica) e implementação de novas tecnologias educacionais. O acordo foi assinado pelo diretor geral de programas educacionais da Finlândia, Lauri Tuomi. “Ficamos impressionados com o que o Instituto Ayrton Senna tem feito pela educação do Brasil, sempre inovando e trabalhando em colaboração. É o que nós fazemos também e acredito que possamos aprender aqui também, pois o nosso processo de aprendizagem é contínuo. Além disso, é claro que podemos trazer as melhores práticas e ideias que temos para a educação brasileira e é muito bom poder fazer isso com o Instituto, que está presente em todo o processo”, afirmou Tuomi.

Na cerimônia com os finlandeses, o Instituto também assinou uma parceria com a Seppo, uma plataforma de gamificação finlandesa voltada para criação de jogos educativos, considerada a melhor da Europa. O Instituto Ayrton Senna poderá utilizar essa ferramenta em suas soluções educacionais espalhadas por todas as regiões do Brasil.

Todos os acordos foram assinados com a presença da presidente do Instituto Ayrton Senna, Viviane Senna, e do diretor de Desenvolvimento Global da instituição, Emilio Munaro. “Essas iniciativas somam-se ao nosso esforço em buscar as melhores práticas que possam transformar a educação brasileira, o que inclui parcerias com países e instituições internacionais considerados referências. Ao longo de 23 anos, já firmamos diversos outros acordos com importantes instituições internacionais para a promoção da educação de qualidade no Brasil, como é o caso de parcerias feitas com a Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) e OCDE”, destacou Munaro. 

instituto-ayrton-senna-assina-parcerias-com-singapura-e-finlandia-2

                               Instituto Ayrton Senna assina parceria com Finlândia.

Digite o assunto que deseja pesquisar

Comentar
Mensagem
Comentários